Um encontro jovem de sucesso

reuniao

Há muita diferença  entre “planejar  e realizar um encontro  social”. Possivelmente você  já deve ter ido a  um encontro  social e  ficou decepcionado,  pois verificou  que ali  não havia  nada planejado.  Muitas coisas  são  importantes  para  que um  encontro  social  tenha  êxito,  nada,  porém,  pode  substituir  planos cuidadosos.    A  diferença  entre  o   êxito  e  o  fracasso  se  expressa  em  duas  palavras:  Planejamento  e trabalho.
As atividades  sociais  dos jovens  são partes  importantes  do programa  da igreja. Portanto,  devem ser cuidadosamente planejadas  com antecedência como qualquer programa da  igreja.

I.  PONTOS A CONSIDERAR QUANTO  AO PLANEJAMENTO:

  1. Local: Pátio da Igreja, Salão, Escola,  Sítio, etc;
  2. Tempo: Natal, Ano Novo, Hora de Começar  e de Terminar;
  3. Programa: Tema, Natureza e Propósito;
  4. Propaganda: Convites, Anúncios, etc;
  5. Ornamentação: De acordo com o tema;
  6. Comissão de Recepção:
  7. “Comes e Bebes”: Quando servir? *Que Servir?   *Como servir?
  8. Brincadeiras: *Assim  como  as  outras  partes  da  reunião,  também  as  brincadeiras devem estar relacionadas com o  tema central;
  9. Material: A  comissão, ao  planejar  deverá providenciar  o  material  necessário para o  programa  social. Este  material precisa  estar à  mão do  líder, a fim  de que  a reunião não se atrase ou perca  continuidade.
  10. Encerramento:
  11. Limpeza; Guardar  a ornamentação,  arrumar   as  cadeiras,  deixando  o  local limpo; Terminar na hora determinada  e de um modo definido;
  12. Finança: Quanto custará a reunião?
  13. Dividir as responsabilidades.

II PONTOS A CONSIDERAR QUANTO  À NATUREZA DAS BRINCADEIRAS;

I. Introdutórias: “Todo”   programa   se    iniciará   com   as   chamadas   brincadeiras “quebra-gelo”, cuja finalidade  é criar um ambiente de cordialidade, unir  e familiarizar o grupo.

  1. Ativas:
  2. Ativas com bola
    • b) Com todos os presentes
    • c)  Por equipes
  3. Passivas
    • a)   Com lápis e papel
    • b)  Com canções
    • c)   Com temas dramáticos ou cômicos.
  4. Brincadeiras de habilidades
    • Aptidão Física
    • Mentais – raciocínio
    • Matemáticas
    • Mágicas e Truques
  5. Rítmicas: Geralmente é realizado  ao compasso de uma música:
    • Em círculos concêntricos ou simples
    • Aos pares
    • “De novas conquistas”

III PONTOS A CONSIDERAR QUANTO  AO TEMA

O encontro  social deve  ter uma motivação  ou tema  central. Cada parte  do programa- convites, ornamentação,  recepção, brincadeiras,  encerramento, refrescos,  etc. – dentro do possível, deve estar relacionada com  o tema central.

01.  TEMAS COM DATAS COMEMORATIVAS

Ex. Natal: “Natal do Reino  Encantado”

“Luzes Cintilantes do Natal”

02.  ESTAÇÕES  DO ANO: Ex. Primavera:  “Encontro das  Flores” “No Jardim do Amor” “A Primavera e o  Arco-Íris

Inverno:  “Festa das chuvas”

03.  OCASIÕES ESPECIAIS:

Aniversários: “Botões de Rosas”

Despedida:  “Uma Viagem  Até….

Formatura: “Viagem ao Reino  do magistério”

04. NAÇÕES E ESTADOS:

Ex. “A Volta ao mundo em  80 Minutos”  “Viagem à  Itália” “O que a  Bahia Tem”

05.  NATUREZA:

Ex: “Brincando na chuva”  “Social do Feijão” “Uma Noite no jardim  Zoológico” “Encontro da Frutas”

06.  NOITE ARTÍSTICA:

Prêmio Oscar do Ano

IV. PONTOS A CONSIDERAR QUANTO  À REALIZAÇÃO DO PROGRAMA:

01. Organização: Prepare tudo  com antecedência e faça duas ou mais cópias do  programa.

02.Ordem e Energia:

O Sucesso de um programa recreativo  se deve, em sua maior parte a quem dirige  por isso:
demonstre energia, estimulando  a todos os presentes a participarem. Que haja  ordem e disciplina.

Entretanto, isto não se consegue  com gritos e gestos violentos.

03. Clareza e Concisão:

Ao ensinar uma brincadeira, o  líder deve ser claro e conciso. Nada como um falatório  sem
fim para esfriar o entusiasmo  do grupo.

04.NÃO DEIXE TEMPOS VAZIOS:

05. EVITE:

• Brincadeiras que  tendem a levar uma ou mais pessoas a serem, humilhadas,  ou passarem vexame na frente do grupo:

• Imitações literais de programas  de televisão;

• Homens usando roupas femininas;

•Brincadeiras carnavalescas;

•Humorismo de duplo sentido

•Brincadeiras apalpadelas entre  moças e rapazes.

LEMBRE-SE: “Não vos conformeis  com as coisas deste mundo, mas transformai-vos  pela renovação da vossa mente…”  Rom. 12:2

Os 7 mandamentos para tornar as brincadeiras um sucesso.

1.  Algumas brincadeiras tem  motivos religiosos. Use-as no momento certo!

2.  Misture  sempre  as  brincadeiras  que  envolvam  todo  grupo  com  as  que  envolvam apenas uma parte  dele. As gerais agitam,  as parciais são engraçadas e  descansam a maioria.

3.  Nunca  force ninguém  a participar.  Convide o  grupo (  alguns precisam  de um  bom convite) e deixe que o ritmo das  brincadeiras entusiasme.

4.  O envolvimento  e interesse  pela brincadeira  dependente do pique  do animador,  por isso, seja claro ao explicar, otimista  ao envolver e animado ao dirigir.

5.  Quando   possível    divida   as   várias   brincadeiras    que   serão   realizadas   entre animadores diferentes. Isso mantém a  empolgação do programa.

6.  Não estenda  demais a duração de  uma brincadeira. Algumas  devem ser mais longas e outras  mais  breves.  Fique  com  o  “desconfiômetro”  ligado  para  a  reação  dos participantes.

7.  Estabeleça  um   tempo  definido  para  a duração  dos  momentos  de recreação.  Não permita que os participantes cansem  de brincar.

– Para pensar e brincar

Recreação saudável  constitui um aspecto  vital do desenvolvimento   dos jovens,  e muitos benefícios podem ser obtidos ao se prover  recreação adequada e instrutiva para eles. O principal  objetivo  de  recreação   não  deveria ser  simplesmente  ocupar o  tempo, e  sim,  prover alguma  troca  significativa  e  saudável  de atividade,  a  qual  seja  capaz  de  conduzir  a companheirismo, envolvimento salutar e estímulo  intelectual.

A definição de Recreação.

“A recreação,  na verdade acepção  do termo  recriação, tende a  fortalecer  e  construir. Afastando-nos  de nosso  cuidados e  ocupações   usuais,  proporciona  descanso ao  espírito  e ao  corpo, e  assim,  nos habilita a voltar com novo  vigor ao sério trabalho da vida”( Mensagens ao  Jovens)

A Recreação é necessária.

“O  recreio é  necessário   aos  que se  acham   ocupados   em  labor  físico, e  mais  ainda, essencial àqueles cujo   trabalho  é especialmente  mental.   Não é  essencial à  nossa salvação,  nem para  a glória de Deus, manter  o espírito  em  contínuo e  excessivo labor,  mesmo sobre  temas religiosos.”(  Mensagens  aos Jovens, p. 392)

É  privilégio  e  dever  dos  cristãos  procurar  refrigerar  o  espírito  e  revigorar  o  corpo  mediante inocente   recreação,   com   o   intuito   de   empregar   as   energias    físicas   e   mentais para   glória   de Deus.”(Mensagens aos Jovens p.  364)

Deveríamos  prover  prazeres inocentes:  “Não  se  podem os  moços  tão  quietos e  graves  como as pessoas de idade, a  criança tão séria como o pai.  Conquanto as diversões pecaminosas  sejam condenadas, como  devem ser,  provejam  os  pais,  os mestres  ou  pessoas  delas encarregadas,  no  lugar   das  mesmas, prazeres inocentes, que  não mancham nem   corrompem a moral. Não  cinjas os jovens a rígidas  exigências e  restrições  que  os  induzam  a  sentir-se   oprimidos,  e  a  infringi-las,  precipitando-se em  caminhos  de loucura e destruição.”(Conselhos  aos professores, Pais e Estudantes, pág. 355)

Testes de genuína Recreação

“Julgai todas  as cousas,  retendo o  que é bom”(I  Tes.5:21). Será  você capaz  de suplicar  a benção de Deus sobre  a  recreação que  irá praticar?  (Veja  Conselhos   aos Professores, Pais  e Estudantes,  p. 337; Mensagens aos Jovens , p. 386)

* Ela  aproxima você  de Deus ou lhe rouba o desejo de  orar? ( Mensagens aos Jovens p. 407 e  408)

* Promove  integridade e autocontrole? (Mensagens aos  Jovens p. 412, 425, 416)

* Facilita  a resistência  à tentação? (Parábolas de Jesus  p. 49 e 50)

* Que  influência terá sobre a saúde física e mental?  (Mensagens aos Jovens p. 379)

* Prepara   melhor  para  os   deveres  diários?  Tem   a  tendência  de  refinar,   purificar,  nos  tornar virtuosos  ou contribui  para o  orgulho no  vestuário,  com vulgaridade?  (Mensagens aos  Jovens p.382;  Patriarcas e  Profetas, p.  460  e 461;  Conselhos aos  Professores,  Pais e  Estudantes, p.  366-368)

* Vale  a pena gastar o tempo que requer? (Mensagens aos  Jovens p. 373 e 379)

* Desenvolve  a  cortesia,  a  generosidade e  mais  respeito  pelos outros  ou  fere  o auto-respeito  das pessoas? Estimula a bondade  ou conduz ao uso de força e brutalidade? (Educação,  210)

Recreação ou Diversão ?

“Existe diferença entre  recreação e divertimento. Recreação, quando  fiel a seu nomes – recreação – tende  a  fortalecer e  erguer… A  diversão,  por outro  lado,  é procurada  como fonte  de  prazer e,  muitas vezes, é levada  ao excesso; absorve as  energias que seriam  necessárias ao trabalho útil  e assim apresenta um obstáculo ao verdadeiro sucesso  na vida.” ( Educação, p. 207)

“Entre  a   associação  dos  seguidores   de  Cristo   em  busca  de  recreação   cristã  e   as  reuniões mundanas que  buscam prazer  e divertimento,  deve existir assinalado  contraste.  Em lugar de  oração e  da menção do  nomes de Jesus  e das coisas  sagradas, ouvir-se-ão  dos lábios  dos mundanos  o riso néscio  as frívola conversação. A  idéia é fruir um período de grande  divertimento geral. Suas diversões começam em estultícia e terminam  em vaidade. As nossas reuniões devem  ser tal que, ao voltarmos para casa,  possamos ter uma consciência livre de ofensa  para com Deus e o homem.” (Mensagens aos Jovens  p.385 e 386)

“Toda diversão  em que vos puderdes  empenhar pedindo  dobre ela, com fé,  a benção de  Deus, não será  perigosa.  Mas todo  divertimento  que  vos torna  inaptos  para  oração  particular… ou  para    tornar parte  nas   reuniões   de  oração,   não  é  seguro,   mas  perigoso.   “(Conselhos   aos  Professores,   Pais  e Estudantes, p 337)

– Diversões que podem ser evitadas aos cristãos.

—   Jogos nos quais acaba  sendo envolvido dinheiro.
(Mensagem aos Jovens, p. 392)

—   Jogos de Carta e outros  Jogos  de azar.
( Mensagens aos Jovens, p. 379,  380 a 392).

—   Freqüência ao teatro  e ópera.
( Patriarcas e Profetas, p. 459-460).

—   Danças
(Mensagens aos Jovens p. 390 e 392

—   Eventos esportivos  e competições  comercializadas.
( Mensagens aos Jovens, p. 392  e 390)

—   Televisão e  vídeo com apresentações  teatrais ou produções que  não estejam de acordo  com os padrões  cristãos. ( Patriarcas  e Profetas, p. 459 e 460)

Lembre-se que a batalha  atual é exercida em relação à mente  e quem conseguir controlá-la, também  controlará a  pessoa.  Somos transformados  pela  contemplação.  Muitas vezes  isso ocorre  de modo  inconsciente  e  imperceptível,  até que  a  pessoa possa  aceitar  aquilo  que uma   vez   rejeita.   A   televisão   modificou    a   forma   de   pensar   do   mundo   ocidental, especialmente, a  Igreja Adventista  do Sétimo Dia  tem sido  de forma especialmente  afetada por ela. Temos que “cingir os  lombos de entendimento”, conforme Paulo admoestou:

Que a graça e a paz de Deus esteja em todos!

E lembre-se:

“Portanto, quer comais quer bebais, ou façais, qualquer outra coisa, fazei tudo para glória de Deus.” 1 Cor 10,31

Anúncios

Um comentário em “Um encontro jovem de sucesso

Adicione o seu

Comente aqui... deixe sua dúvida, elogio ou pedido

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: