4 dicas para um culto jovem de sucesso

WhatsApp Image 2017-11-17 at 15.14.08

É de conhecimento geral dos líderes de jovens o quão difícil é preparar um culto de jovens. São horas estudando, buscando e se preparando para fazer com que os jovens cultuem a Deus de maneira direta e sincera. Por isso, o que esperamos é que os jovens venham e participem dos cultos. Um dos objetivos do ministério de jovens é justamente esse: Aumentar a participação dos jovens nos cultos de jovens para que eles aprendam mais sobre Jesus e vivam por Ele.

Para te ajudar a aumentar a participação deles nos cultos, aqui vão quatro dicas para que isso aconteça.

1 – Dê atenção

É impossível que seus jovens venham se você não cuida deles, se não tem um relacionamento verdadeiro com eles. Eu sei que você deve ser aquele líder que fica na porta da igreja, esticando o pescoço para ver se alguém está vindo, mas além disso você precisa criar um relacionamento com eles. Converse, faça perguntas, mostre vídeos engraçados, se preocupe, ou em outras palavras: Dê atenção. Jovens sabem quando eles são só números ou quando a presença deles é realmente desejada.

Claro que você não conseguirá se relacionar com cada um deles, mas é importante que você tente se relacionar com o máximo de jovens que você puder. Se você tem um cônjuge ou um parceiro de liderança, essa tarefa pode ser dividida e o número de jovens alcançados será maior. Lembre-se que, além de estarem ali para ouvirem a palavra de Deus, jovens também estão atrás de relacionamento verdadeiros com pessoas que realmente se importam com eles.

2 – Anuncie

Os seus jovens sabem quando é o próximo culto? Ou, por acaso, você não tem uma data definida para isso? Talvez tenha semana que vem, talvez não. Não foi decidido ainda. Quando há cultos, como a divulgação deles acontece? Muitos jovens não comparecem aos cultos porque simplesmente não sabem, têm vergonha de perguntar e preferem não arriscar. Faça um planejamento e divulgue claramente para seus jovens quando haverá cultos. No dia, solte uma imagem nas redes sociais, marque-os ou avise no grupo de Whatsapp dos jovens. Isso é essencial.

3 – Busque uma experiência com Deus para seus jovens

Todas as pessoas buscam ser aceitas e amadas.

E isso é uma verdade gritante, especialmente entre os jovens. Através do sacrifício de Jesus, eles podem ter essas duas coisas. Eles são aceitados e amados por Deus através de Jesus. Se você passar constantemente essa mensagem, seus jovens irão saber que há um Deus que os ama e que quer ter um relacionamento com eles.

O grande erro é achar que isso deve ser feito somente na oração. Seus jovens podem sentir e experimentar o amor Deus antes do culto começar. Eles devem se sentir amados e seguros, devem sentir como se a igreja não fosse a corte de um juiz, mas a casa de um pai amoroso, que está disposto a recebê-los e amá-los, não importando como foi sua semana. Isso não significa que você não deve pregar sobre pecado ou mudança de vida. Essas coisas também fazem parte do amor de Deus, mas se você é casado sabe a diferença entre pisar na casa dos seus sogros pela primeira vez e atualmente. A diferença é que atualmente você já os vê como família, como parte de quem você é. É esse tipo de sentimento e sensação que deve ser criado para os jovens. Cada vez que eles entrarem na igreja, eles devem esperar que Deus irá falar com eles, que o Espírito Santo irá ensiná-los e que este lugar é o local onde eles deveriam realmente estar.

4 – Pregue o evangelho.

Contudo, quando prego o evangelho, não posso me orgulhar, pois me é imposta a necessidade de pregar. Ai de mim se não pregar o evangelho!

1 Coríntios 9:16

Paulo sabia da obrigação de pregar o evangelho e ai dele se não o fizesse. O que acontece hoje é que muitos líderes tentam pregar focados no ser humano. São pregações de auto-ajuda, focando a pessoa como centro da mensagem. Isto é errado. Vi um vídeo recentemente do Francis Chan onde ele falava que há duas grandes mentiras que o mundo acredita: Que somos todos bons e que Deus é somente amor. O problema, segundo disse Francis Chan, é que quando o mundo acredita nessas duas mentiras, não há necessidade de se ter um salvador e nem condenação para aqueles que erram. Percebeu o grande buraco? Se todos somos bons e temos um Deus que é simplesmente amor, e não amor E justiça, então para que precisamos de Jesus?

Anúncios

Comente aqui... deixe sua dúvida, elogio ou pedido

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: